segunda-feira, 23 de maio de 2016

Globo x Record: um fato, duas coberturas

No sábado (21), a modelo e apresentadora Ana Hickmann foi vítima de um ataque de fã no hotel em que estava hospedada em Minas Gerais. As duas maiores emissoras do Brasil, Rede Globo e Record, noticiaram o acontecimento de duas formas diferentes. Enquanto a primeira foi seca e concisa, a segunda abusou do emocional.
No sábado, logo após o acontecimento, a Record fez um link ao vivo em frente ao hotel. Sem todas as informações, a rede transmitiu apenas o básico, que Ana Hickmann havia sido vítima de um atentado. Enquanto isso, a Globo não se  manifestou quanto ao acontecimento. 
Durante o restante da noite de sábado e todos os programas da Record do domingo, o assunto foi abordado e incrementado com mais informações. A emissora apelou para entrevistas de pessoas não envolvidas com o atentado e especialistas, para tentar manter vivo esse assunto.
Nos intervalos, sempre se prendia a atenção do telespectador para a entrevista exclusiva que a Ana daria no programa de maior audiência da emissora, o Domingo Espetacular. Enquanto isso, a Globo não se manisfestou durante o sábado e o dia do domingo. Sendo assim, apenas transmitiu uma pequena matéria de 50 segundos no Fantástico.
A Record, abusando do acesso que tinha com os envolvidos e as vítimas passou grande parte do programa de domingo anunciando as matérias e soltando notas para envolver o telespectador. Durante a reportagem propriamente dita, de mais de 10 minutos, a emissora abusou das reconstituições de cena do crime e das entrevistas, sendo anunciadas como exclusivas.
A atenção principal ficou por conta da entrevista dada pela apresentadora completamente emocionada, Ana conta do começo ao fim da história entre soluços e choros. A entrevista com o cunhado da vítima também foi anunciada como exclusiva, evidenciando o aspecto de legítima defesa. 
Desse modo. concluímos que pela maior representatividade de Ana na Record, ela foi mais valorizada para a cobertura desse acontecimento. Podemos notar que a falta de interesse da Globo foi quase uma maneira de não enaltecer a apresentadora de outra emissora.

Camila Fencz e Gedmila Alves

Nenhum comentário:

Postar um comentário