sexta-feira, 9 de novembro de 2012

Escolhi Infanto-juvenil: "CriptoAnimais"





Em um dia de aula no Kumon, um aluno trouxe para mim um livro com uma das capas mais encantadoras que já tinha visto. Confesso que fiquei alguns minutos olhando para o desenho do grande bicho peludo, passando a mão por sobre o papel sentindo a testura diferente e a cada aluno que chegava eu dizia "Olha que capa linda! Da vontade de ler o livro de uma vez só.". O que não foi diferente.

O livro é a introdução da história de Valiant, Violet e Shaila, um grupo de amigos que foi escolhido para salvar os criptoanimais, que são animais raros que o homem não tem ideia da existência. Guiados pelos fantasmas Lorde Clarence e seu fiel mordomo Jeeves, os amigos vão para o Himalaia salvar o grande Yeti.

O que não sabiam é que, ao receberem um bracelete de Jeeves, dons que já existiam neles se revelaram mais fortes que o normal, ajudando nessa aventura no Himalaia. Mas como sempre, um grupo está atrás do Yete e os meninos precisam enfrentar, não só o medo do desconhecido, mas aquelas pessoas que não planejam o bem para o criptoanimal.

A linguagem é bem simples, tendo em vista o público alvo da obra. Alguns erros de colocação pronominal deixam a fala mais informal não atrapalham a leitura, de certa forma, deixou-a mais leve.
Para crianças na faixa etária dos 9 aos 12 anos é um escolha maravilhosa. A série tem outros livros com capas e histórias mais cativantes ainda, uma recomendação para as crianças que estão entrando agora no mundo da literatura.



Agradecimento especial: Gostaria de agradecer ao Pedro Fischer, o aluno do Kumon que me emprestou o livro. Pedro, são de crianças como você que o Brasil precisa para evoluir. Parabéns!


- Camila Fencz

3 comentários:

  1. Meu preferido!
    E obrigado pelo agradecimento!

    ResponderExcluir
  2. Tenho 12 anos amo ler e adoro este livro e tenho a coleção toda. Realmente um livro muito bom.

    ResponderExcluir
  3. Tenho 13 anos e os livros dessa saga me fizeram ficar interessado na leitura. São ótimos e é uma leitura muito agradável.

    ResponderExcluir